' **Blog da Motor&Girl** expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
" Se tens amigos,visita-os sempre,pois existem ervas daninhas,que tomam conta de caminhos,por onde ninguém passa..." Gostou do Blog? Comente se quiser: marilenegsm@yahoo.com.br bjussss

Digite aqui o que procura...

quinta-feira, 13 de abril de 2017

A LUZ QUE DISSIPA AS TREVAS...


Depois de tanto tempo sem escrever, consegui voltar queridos amigos. Já não aguentava mais, muitos pensamentos borbulham em minha cabeça com tudo o que anda acontecendo. Não tenho pretensão de ensinar nada, somente compartilhar pensamentos... Me faz bem.  
Dessa vez queria falar com você sobre a noite....
No dicionário, seu significado, é escuridão, é o tempo que transcorre entre o "ocaso e o nascer do sol", momento em que está escuro ou quando as pessoas dormem...
Não quero falar da noite física, desse momento que faz divisão do dia, mas dos momentos, onde se fazem noite em nossas vidas... Naqueles, onde chegam nossa ansiedade, nossa luta, nossa depressão, o nosso choro... Todo mundo passa por isso. 
Daqueles momentos onde chegam coisas preocupantes, que se opondo durante o dia, às nossas vidas, parece que se acentuam mais ainda à noite, quando estamos sozinhos, quando ninguém ouve nada, quando tudo é escuridão... Quando vemos que somos sozinhos nesse mundo, sozinhos como pessoas, que não adianta ter pai, mãe, filhos, esposas, maridos... Então olhamos ao redor... 
Tem acontecido coisas assim na sua vida? Daquelas que fogem ao seu controle? E quando dá tudo errado, você sente como se estive numa noite eterna que não passa? Num deserto escaldante que não refresca? Pois então...
Se você se sente assim, eu também já me senti. A gente tenta daqui, tenta dali, insiste com isso e com aquilo... 
A sensação que temos é parecida com a visão de uma porta que se fecha, onde você bate por um longo tempo, sem ninguém te responder,  de outra porta emperrada que não se abre e que você não consegue passar por ela, de situações que tomam proporções de monstro, visíveis à distância, de ondas que vem sobre nós e nos sufocam a ponto de sentirmos que vamos morrer afogados, de bombas que explodem à nossa frente e nos espirram seus estilhaços, de ventos impetuosos que aparecem do nada e se a gente deixar fazem redemoinhos à nossa volta e não saem mais... 
E o interessante e arrematador, é quando algo começa a dar errado, aí para ajudar, parece que uma corrente se estende para ser fio condutor para outras coisas ainda piorarem. Então as pessoas com isso se sufocam, se afundam em tristezas e depressão. Já não querem sair de casa, não querem mais ver ninguém, não há mais necessidade de conversar com alguém... 
Acha que consegue tirar alguém do poço? Tente! Acha que consegue aliviar a dor de alguém? Tente! Acha que com aquilo que falar vai diminuir o sofrimento? Faça! 
E a tristeza? E a saudade? E a aflição? E a pertubação, medo, insegurança, pavor, daquilo que aconteceu, que só de lembrar, a sensação é de morte? Dá um desespero né? 
Quando nos sentimos impotentes e inúteis, por situações que acontecem do nosso lado e às vezes uma palavra, somente uma palavra, poderia ter evitado, uma atitude poderia ter impedido, um gesto, amenizado... Estamos sem tempo... Estamos sem amor, estamos tão ocupados conosco, querendo ser iluminados, quando a chama de alguém se apaga do nosso lado, junto conosco, de braços dados...
Sabe daqueles dias em que a gente acorda sem rumo? Que o corpo dói, a cabeça vaga? Quando a gente não vê esperança, nem solução... Quando se escuta: Se eu fosse você faria isso ou aquilo... Quer um conselho? Jamais diga isso a alguém. Não afunde uma vida, diante de uma suposta sabedoria que acha que tem... Não somos iguais. Já ouvi isso por diversas vezes... 
A gente não sabe o que fazer, o que falar, pra onde ir... A pessoas tentam o suicídio, se suicidam... Porque não falar em suicídio? Enquanto se pode e acha que se consegue viver, as pessoas se agarram a um, a outro, mas ninguém tem o poder de tirar a sua dor. 
Noite...  Quando a sua vida se faz noite? Você precisa se conhecer, para que quando tudo virar cinzas e não enxergar mais nada, sua luz interior te guiará... Você a fortalece e alimenta? A escuridão também é fortalecida e alimentada diariamente... Não se engane. Os filhos das trevas, realmente são mais espertos que os da luz... Sabe porque? Muita claridade ofusca os olhos e cansa aquele que vê... Nas trevas, os olhos à espreita estão intactos e se movem de acordo com seus passos... Cuidado!
Escuridão... Chega esse momento na vida de qualquer pessoa, criança, jovem, adulto, que um dia acaba lhe dando formas... Lhe dando voz. Lhe atribuindo nomes... Por qual nome chama a sua noite? Quando se conhecer melhor e identificá-la, saberá o que estou dizendo e a dissipará...
Algumas noites parecem eternas e alguns dias queridos amigos, não terminam nunca. Há dias, que se colocados na balança possuem um peso estranho, não se parecem em nada com aqueles que nos dão ar da leveza de uma pluma, daqueles, onde você recebe um sorriso na rua, ou quando quando alguém não somente pergunta como você está, mas também espera por sua resposta... 
Durante as trevas da vida, percebemos olhares estranhos. Somos estranhos. Com isso, pessoas nos observam e medem nossos passos. Existem pessoas que não gostam de nós sabia? Que torcem para nossa derrota. Fica esperto, alguém do seu lado torce pela sua, espera que tropece e caia...  Pessoas que não gostam do nosso jeito, da nossa voz,  do nosso cabelo...  E o pior sem exagero, ainda vão nascer pessoas que vão te odiar ok? Que vão odiar seus filhos... Pessoas estas sem iluminação... Você pode estar dizendo que isso Merie? Então te respondo: Espera ainda alguma coisa boa desse desse mundo? Portanto alguns filhos vão nascer das trevas e outros da luz. Permita que seus filhos nasçam da luz, que encontrem essa luz em todos os passos, mas por favor, leve-os a conhecer as trevas, para que lá não residam, para que fujam da aparência do mal... Quem anda nas trevas, se tornam escuridão...
Vão aparecer pessoas diariamente que não conseguiram a iluminação necessária para se proteger e que seguirão sugando a luz do outro... Fuja para não ser esgotado na luz que te abastece. Se tiver mais óleo pra sua lamparina, convém partilhar, mas não se deixe faltar. Não deixe que sua luz se apague. Não apague a luz do outro e não deixe ninguém tirar a sua. 
Porque falar da noite? Porque nela reside a vida de muita gente e principalmente na dos nossos jovens. Noite, escuridão e opressão, possuem sequência lógica. Linha tênue onde um, espiritualmente falando, se funde ao outro, onde não se identifica, a linha divisória entre eles... 
O opressor vem na noite e ali deposita seu ninho e cria seus filhotes. Ele vem e lhes traz alimento todos os dias, para que se fortaleçam. Já viu algum opressor fraco? Queridos amigos, há ninhos de opressão em nossas vidas, que precisam serem desfeitos. São ervas daninhas, que vão tomando conta dos caminhos por onde ninguém passa... Está na hora de arrumar a nossa casa espiritual, varrer, tirar a poeira... 
Coisas boas se assentam em lugares limpos. Nada presta onde há sujeira e lixo encostados, onde há moscas varejeiras... Depois que se deposita ovos, se eles eclodirem já era, saem comendo o que vêm pela frente e o prato principal é sua própria carne, sua vida, seu espírito... 
A escuridão é propícia a muitas coisas. Nela também a gente se esconde, se afasta, se transparece e não somos vistos. Nela, tudo se confunde, todos os rostos são iguais...
Mas quando vem a luz, ahhh a luz é remédio,  a luz é esperança, a luz é saúde... 
Na luz a gente enxerga e consegue se desvencilhar do mal. Mas como ter luz ao anoitecer da vida? Como ter claridade na escuridão? Como ser iluminado nos momentos de terror em nossos sonhos, ou naqueles momentos de horror, com nossos problemas dentro de casa? Como a luz dissipa as trevas? Você sabe?

Deixa te dizer uma coisa:  Existe um espírito que se chama Espírito de Deus, ele é um guia pra você. Ele sabe de tudo... Quer iluminação? Claridade de pensamento? Peça a Ele... Depois me conte, passarei por aqui mais vezes... 

"Lampada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminhar" (Salmo 119, 105)

Pra vc um grande bjuuuu, fica com Deus e até a próxima!!!

terça-feira, 24 de maio de 2016

RECOMEÇAR A VIDA




Andei pensando muito estes dias. 
Aliás não porque eu quis, mas por necessidade sabe, por precisar de um certo consolo. Me separei de uma relação de longos anos...
Por isso tenho me olhado bastante no espelho, não pra ver algum defeito em mim, mas para enxergar as qualidades que sei que tenho... 
Pra saber que além do tempo ter passado, eu não passei, eu não fui, pelo contrário e meio desesperador num tempo inverso eu fiquei. 
Literalmente fiquei pra trás em algumas situações... 
Sinceramente não pensei que em algum momento de verdade em minha vida estivesse nessa encruzilhada não para decidir o que fazer, mas quem eu devo de agora em diante ser. As outras tentativas foram simplesmente ensaios....
Se você ainda não passou por isso, creio que um dia vai passar. Não pela mesma situação que a minha, mas chegar nesse ponto onde a gente parece uma estaca fincada ao chão. Não saímos do lugar. Não conseguimos. Falta-nos braços e pernas fortes para nos impulsionar a seguir... 
Os motivos são diversos. Às vezes, o tempo passa e o momento de reflexão fica sempre para mais tarde, grande erro. Devíamos ponderar as coisas, no momento que elas acontecem... A questão é simples: Problemas acumulados ficam mais difíceis de resolver, pois só conseguimos olhar com olhos de totalidade...
É queridos amigos. Minha hora chegou... 
Literalmente irei começar a vida aos 40 anos e isso pra mim não está sendo nada fácil. 
Construir um estória daqui pra frente, buscar motivação, alegria... Já não tenho mais a cabeça de uma moça de 20 anos... Muitas coisas para mim agora são desconfiança, temor, tristeza, desalento... Pensar no que ficou para trás não irá fazer de mim ninguém daqui pra frente. 
Engatar na carreira, administrar meus sentimentos, comer, beber, conseguir dormir, saber com quem sair, ser cuidadosa com as pessoas, me cuidar... Olhar ao redor de uma forma diferente, são alvos e desejos de conquistas necessárias. 
Muitas pessoas se fazem de vítimas ao dizer que não sabem o porque isso ou aquilo tem acontecido... Mas eu sei. Eu realmente sei porque me separei. 
Eu sei quando o meu convívio começou a ficar insuportável. Eu sei quando deixei de ser importante. Quando meu sorriso não mais cativava... E ali do lado como se não valesse mais nada. Uma flor murcha que não chama mais a atenção daquele alguém que tanto valorizava...
Meu tempo começou veloz, como uma águia ao vento... Sorvi com ímpeto tudo que vinha, com bastante pressa recebia e devolvia as coisas. 
Me esponjei totalmente de sentimentos e esse foi meu erro, molhei por várias, inúmeras vezes meus lençóis... Não soube lidar, não soube ignorar. Gritei. 
Não soube esperar as respostas.... Me ansiei... E o que eu achei que era amor, virou doença, perseguição, paixão doentia, sem limites, vazia...
O tempo foi passando e por me dar tanto, deixei de viver, deixei de saber, deixei de ter, adquirir... Deixei de viajar, deixei de conversar, me afastei e murchei... Não mais vivi...
Então tive que separar, cortar os laços para respirar. E assim fiz.
Mas uma coisa ainda ficou em mim... Não sei quem sou agora, nem me conheço mais, nem a mulher que mora em mim tenho reconhecido... A resposta está em meus anos que foram mal vividos... 
Talvez tenha perdido minha identidade assim. Quis me completar, quis ser amada, quis somente um olhar... Ei, estou aqui... Você nem olha pra mim... Tudo que obtive foi desprezo, desleixo, distância, sem um abraço sequer de carinho, com aquele gosto de me fazer mulher amada, desejada... 
Pra que então continuar a ser dois, se ser um é o que reina? 
Separação. Talvez não saiba lidar com esse monstro. Rima com ser deixado, ser esquecido, não mais ser amado, rima com solidão... 
Mas eu sei os motivos, os pontos principais. Sei dos ais e dos por quês... É porque nesse relacionamento deixei de viver... 
Me sobraram olheiras com o tempo, viseiras que tiraram meu alcance dos grandes horizontes que tenho... 
Não puder crescer, não consegui multiplicar, não pude expandir, me impediram de avançar... 
Quando um relacionamento vira opressão é hora de reaver  os conceitos, reavaliar as prioridades, objetivar a vida... 
Não importa o que alguém vai falar, o que alguém vai pensar... O que importa é só viver... É ter paz, é ter alegria... Estou dando paz pra alguém e em troca estou recebendo também.
Talvez quem sabe um dia me apareça outro amor para amar, para me fazer sentir bem e querida, pra me ajudar a enxergar que a vida ainda é boa pra se viver e que começar de novo não é nada demais... 
Voltar a sorrir, voltar a ser feliz, sem precisar de alguém para isso. Se vou conseguir queridos amigos, não sei, mas digo que vou tentar, vou procurar pessoas que me acrescentam coisas boas na minha vida, nas quais eu posso me amparar. 
Ainda tem muita gente boa por aí. Só não perco a esperança de ainda encontrar um amor com o qual possa viver a minha vida inteira. 
Não quero romances passageiros, não quero ficar. Quero alguém pra abraçar dentro de casa, que anseia minha chegada. Que sinta prazer em estar comigo, que me olhe nos olhos, que me beije  e me faça juras de amor. Que seja comigo e que me complete porque uma parte de mim se foi... E eu preciso resgatá-la para amar alguém de novo. 
Nada é fácil. Recomeçar na vida de uma mulher, muito menos. Que não me falte trabalho, que não me falte um lugar para dormir, nem o pão de cada dia... Este foi meu pedido a Deus, quando de saí de lá. E assim tem sido. Por isso agradeço a Ele por tudo até por poder recomeçar. 

Se você querido leitor também vai recomeçar por algum motivo, tenha fé em Deus, que o resto tudo se ajeita. Quem faz diferente, faz toda a diferença. É preciso andar agora por outros caminhos, viver nova vida, experimentar novas coisas, conhecer novas pessoas. Existir para si mesmo é importante e para alguém é complemento. Não está sendo...? Então procure por suas respostas...


Então pra vc um beijo. Fica com Deus e até a próxima se ele quiser.


domingo, 13 de março de 2016

VÁ E NÃO PEQUES MAIS...


Eu gosto do mundo espiritual. Daquilo que transcende a minha vida... Só de pensar que há um outro lado, que há vida após a morte, meu coração se incendeia...
Tenho amigos que não gostam de orações, tenho amigos céticos e amigos ateus. 
Cada um enriquece minha vida de uma forma e eu aprendo com cada palavra com cada gesto, com cada situação.  Tenho amigos homens. 
Resolvi escrever hoje, porque meus dias tem sido de surpresa pra mim. Com aquilo que ando pensando ou até mesmo pedindo a Deus. 
Percebi que em uma área da minha vida eu perdi muito tempo em uma situação que se repetiu várias vezes e sem eu sequer perceber que caía no mesmo problema. É realmente o tempo voa.
Já não temos mais tempo para gastar com futilidades, com vidas sem sentido. Muitas coisas que nos sobrevêm, à muito lutam para entrar em nossas vidas e quando sucumbimos damos lugar à muitas misérias e mazelas... Ah! Se eu pudesse voltar atrás em algumas coisas... Quem nunca pensou assim?
Quem nunca pensou que pudesse ter uma vida diferente, de agir corretamente, de não ter defraudado ninguém de não ter feito isso ou aquilo... Feliz de você se ao ler isso, dizer: Ah! Eu não me arrependo de nada não... 
Tem coisas que precisam ser acalmadas dentro de nós... Tem coisas que damos formas sem querer, que nos fazem cair lágrimas como condenados à uma vida inteira de prisão... Porque???
Porque muitas vezes escolhemos o pior caminho para resolvermos os problemas? Porque damos confiança aos nossos impulsos e nervosismos ao resolver as coisas da nossa maneira...??? Há algo que possa nos acalmar de novo?  Ah!!! tem coisas queridos que já era!!! Não tem retorno... Mas que só as mulheres questionam e entendem...

Essa imagem acima me inspirou a escrever. A data recente de 08 de março onde se comemorou o Dia Internacional da Mulher, ficou marcada em minha mente, por uma palestra que assisti, oferecida pela Faculdade Doctum de Leopoldina e realizada no auditório do CEFET. A palestrante foi a Drª Patrícia, Juíza Auxiliar da Vara do Trabalho da Cidade de Cataguases Mg. 
Mas o que essa palestra tem a ver com essa cena, é que exatamente as duas falam sobre as condições da mulher nos dias de hoje e em diversos países. 
Para os cristãos evangélicos, Jesus foi um homem valente para sua época. Foi contra tudo e contra todos e valorizou a mulher, motivo pelo qual se cogita que teve um caso com Maria Madalena. Ele foi contra a sociedade elitizada e machista que apedrejava as mulheres no caso de adultério e suspeita de adultério e insensatamente livrava os homens desse infortúnio. 
Na maioria dos milagres que Jesus fez enquanto homem, filho de Deus, encarnado terreno, ele dizia: Vá e conte as maravilhas que Deus fez... 
Isto me fez refletir, pois para Maria Madalena ele disse diferente: "Vá e não peques mais"... Interessante né? Porque não pediu para ela sair contando o que Deus fez em seu intermédio??? Isso me custou os pensamentos... 
Se ele não a tivesse orientado o que ela ganharia com isso nessa revelação, a não ser os olhares curiosos, o distanciamento das pessoas próximas, ou até mesmo aproximação daqueles que queriam usufruir do seu trabalho de prostituta... 
Voltando à palestra e parafraseando Oscar Wilde, um escritor Irlandês,  citado pela Juíza Patrícia:  "As mulheres são feitas para serem amadas e não para serem compreendidas", isso me trouxe um questionamento sobre a importância que se dá a uma mulher...
As mulheres muçulmanas ainda sofrem as mesmas agressões e são mortas à pedradas, exatamente como acontecia na época de Jesus e como ele tanto repudiou. 
Depois que ouvi isto, fiquei pensando como deveria ter sido a época em que este escritor viveu para dizer tamanha beleza para se expressar com tamanha singeleza de alma... Talvez fosse um Romeu em um romance Shakespeariano... Saber de um pensamento assim hoje em dia é assustador, imaginar que porventura ainda existam homens respeitadores, pois os dessa época estão limitados em relação às mulheres simplesmente pelo prazer que elas lhe causam... Não importam se é a sua, se é a do vizinho, se é aquela que vê todos os dias saindo da escola, a da Tv, ou quem sabe até mesmo, se o objeto do seu prazer são as coelhinhas da playboy como a Luana Piovani em seu nu frontal recente...
Frases como as de Jair Messias Bolsonaro, que pra quem não sabe é um militar de reserva e político brasileiro, ao meu ver, um puto machista e cruel, dizendo que “mulheres precisam ganhar menos por que engravidam”, Ou que “não estupraria uma Deputada (colega de trabalho), porque nem isso ela merecia,” gente assim envergonham nosso país... Mancham a cara da nação, me fazem repensar os valores no tempo de Jesus. Ah! que saudade que me dá quando leio as passagens onde ele as respeitava e se deixou banhar com cabelos molhados em óleos perfumados... 
Afirmações bizarras, são usadas aos montes como desculpas, para justificar o descontrole emocional de uma mulher, em seu período de TPM (diga-se de passagem que ela é feita de sentimentos), através de tensões, de desgastes físicos, que engrossam o rol de julgamentos de menosprezo à pessoa da mulher, questionando a sua capacidade de superação, ou até mesmo, sua capacidade de administrar...
As discriminações são totalmente veladas e muitas vezes escondidas por aqueles que as promovem, pois na verdade não se vê o que não se quer não é mesmo? 
Me assustei quando estampou as manchetes que aqui perto em Juiz de Fora, teve tentativa de estupro dentro da UFJF, sabiam? E dentro da USP? E os sites que montaram para ensinar garotos como fazer um estupro bem sucedido??? 
Se em relação à uma mulher um homem através dessa covardia pode mostrar todo seu poder masculino, porque não aproveitar o momento??? Não é mesmo??  Pensamentos como estes estão sendo inseridos na cabeça dos nossos jovens e empobrecem o que resta de caráter em alguns homens.
 Muito me preocupa em relação à Presidente do Brasil Dilma Rousseff (como mulher) à frente do governo de nossa nação e por tudo que lhe sobrevirá, (como mulher) por tudo que enfrentará (como mulher), depois de toda essa sabatina em seu governo nessa onda de corrupção, sofrendo um impeachment. 
Imagina, se ela perde a luta, (como mulher à frente de um governo), as mulheres do Brasil aparentemente para alguns homens, perderão consequentemente essa guerra de espaços, de domínios, de igualdades, numa mistura de falta de respeito e de falta de compreensão que já paira existente. 
Quando se dirigem à ela, (Dilma Rousseff) se referem como à “uma qualquer”, como a vagabunda, a safada, a filha da puta, como já ouvi e não como "a Presidente do Brasil" eleita democraticamente. Desculpe-me os palavrões.
Ver e enxergar, pelo que percebi na fala de Drª Patrícia, está ligado, muitas vezes àquilo que mais me importo. Se uma mulher é tratada como ser menor e inferior, o que é que tenho com isso??? O que há demais nisso??? Se sofre agressões por ser “mulher” e daí???  
É comum verem pessoas não relativizando o fato de terem “mães” e “filhas” que poderiam passar pelas mesmas situações... Mas muitos se importam na verdade é de mostrar pra sociedade se são homens e se são machos, se são viris, não permitindo nenhuma outra comparação que os desabone. Ser “macho” é ser esplêndido e ser garanhão é prevalecer, desprezando até mesmo a mulher que lhe deu à luz...
Esse desprezo nasceu com a mulher no dia que ela “abriu seus olhos” para as coisas do mundo. Ela é confundida em meio a barulhos, em meio à cores, à dores e tristezas sem fim. 
Muitas meninas que foram estupradas, nem sequer conheceram o que era o amor e já deram lugar ao ódio, ao ressentimento, à escuridão. 
Muitas suicidaram, como na Índia, que são queimadas mesmos vivas, sofrem estupro coletivo... Muitas como em regiões mais pobres da Àfrica, têm seus genitais mutilados com gilete ou fação para não sentirem prazer, ficando por dias com as pernas amarradas e sangrando até as partes genitais colarem... Umas não aguentam e morrem por causa da hemorragia... Não acredita? Pesquisem queridos...
Se são albinas tem seu membros mutilados para rituais de prosperidade. (Aqui tanto meninos quanto meninas)
Pra cada Maria, um rosto, pra cada rosto um sofrimento e com estes, a falta a paz. Meu Deus!!! Quanta crueldade quanta maldade sem fim... Pra que? Que luta é essa sem finalidade???
Mulheres choram e gritam por todo o mundo. São apedrejadas, raptadas, maltratadas, estupradas, dadas como recompensa sexual para soldados ...
Ser Maria... Nunca mais. Aquela mulher resignada que só chorava que não retrucava, não cabe mais em nosso mundo... A onda de violência surgiu quando a mulher cansou de apanhar e disse:  - “Não”!!! “Você não vai mais me maltratar”!!! Quando ela exigiu os seus direitos de ser respeitada e até mesmo ser amada... 
A onda hoje é ser valente e constantemente se reafirmar em um mundo onde tudo está desabando para nosso lado, onde tudo calha em cada uma de nós como as pessoas erradas, as inconsequentes, as ineficientes, as “sem capacidade...”  
Onde a internet é usada na sua camada “Deep Web” para trucidar mulheres como bonecas sexuais, para matar de prazer desgraçados sórdidos que gostam de ver o sofrimento alheio... Para mostrar em alto e bom som com tom de despeito: Ei mulheres, vocês não valem nada, olha para o que vocês servem!!!
Qual homem sem caráter, nunca pensou em dizer palavras ruins para uma mulher na rua? Criticar seu cabelo, sua roupa? Lhe xingar?? Que não pensou em agarrar uma no elevador? Quem nunca tentou aproveitar delas em um momento que as viu sozinhas sem ninguém por perto? 
A desumanidade está estampada nos olhos de algumas pessoas. Muitas mulheres com isso, caem na onda de desmerecer as outras...
A mulher em nossa sociedade virou na mente de alguns “abjetos” asquerosos e nojentos da classe masculina, objeto de consumo somente, não precisando para isto que ela tenha instrução ou prevaleça à frente de algum lugar. E caso ela queira se instruir, acaba pagando o preço da evolução.
A distribuição desigual das tarefas domésticas reinante ainda nos lares onde moram homens das cavernas atrasados, ainda sugam e exigem a presença da mulher dentro de casa....
Grandes desafios precisam ser vencidos. Mas quem deu aos homens superioridade de achar que são melhores?  De onde surgiu essa ideia? Atribuição dos deuses??? 
Como bem sabido, o dia 08 de março, foi marcado por um dia de resistência, de resignação pra que uma sociedade fosse mais justa e mais igualitária em seus direitos, onde elas tivessem melhores condições de trabalho, para que assim conseguissem calar a voz do opressor. 
Não estou aqui com isso, fazendo ligação entre a imagem e promovendo o adultério, ou ligando o dia 08 de março a um dia de libertinagem, não!! Queria falar de uma dor inexplicável, sem noção, mas o que queria deixar vivo em sua memória na verdade,  é que mulheres morrem por causa de homens que nascem delas mesmas... 
Mataria um Hitler em seu próprio ventre sabendo do que se tornaria ao crescer???
A luta é comum queridos, mas a igualdade de gêneros não... Muitos homens ainda são totalmente dependentes das mulheres, mas não se curvam e não se rendem a elas, com uma cervis que lhes dão status superior... 
Precisamos afirmar com veemência nossa dignidade e nosso valor, mostrar nosso caráter e competência, nossa integridade e intenção,  nossa capacidade de gerir resultados e o mais importante não sorrir para desconhecidos, evitar até o bom dia diário para não ser confundida como quem está dando confiança...
Quando um homem entende por si só, a valorização que precisa dar à essas guerreiras, sua conquista supera tudo. Não é fácil ser mulher gente...
Atrás de um grande homem tem uma mulher que lhe auxiliou, que foi o seu pilar e baluarte, mas atrás de uma mulher, desculpe-me, só tem ela mesma se superando dia-a-dia, se segurando para não sucumbir e não chorar diante das dificuldades que encontra, para fazer um filho crescer e ainda assim a enxergar e valorizar como mulher como gente... 
Mas estamos longe disso.. Faço menção às mulheres negras que sofrem maior pressão do que as mulheres brancas em suas lutas diárias e este assunto não se esgota porque está no sangue delas. Meu respeito a você que é mulher negra, pois minha mãe também era e tenho orgulho disso.
É preciso firmar um compromisso com a não violência, numa postura equilibrada tratando-as com urbanidade e compromisso, acalmando os ânimos... Uma postura não violenta como escutamos, ainda sim não é suficiente, pois esta mata o assassino mas não o assassinato, mata a mentira mas não declara em suma verdade alguma...
Não fiquemos satisfeitos nessa luta, pois ainda há beleza e diversidade nas mulheres... Ainda há senso crítico, inteligência, desenvolvimento e superação...
É preciso nascer de novo como disse Jesus, rompendo conceitos arcaicos no que tange a ser homens e ser mulher, não equivocadamente separando gêneros de feminino e masculino e nem dando importância demasiada a isto.
Sabia que uma em cada três mulheres, sofrem violência e abusos pelo mundo diariamente, não importando sua idade???  A cegueira de alguns homens ainda é grande. Alguns deram as costas ao amor  ao respeito, ao bom caráter... 
Concluo, mediante tudo que ouvi e refleti, que buscar igualdade de gênero não é solução. 
Desse “buraco fundo” onde jogaram as mulheres,  precisamos voltar ao cavalheirismo de antigamente, onde elas eram cortejadas e respeitadas... 
Só buscar essa igualdade de gênero para homens e mulheres isto não me diz nada, pois a luta é bem maior, envolvendo, sobretudo, caráter e urbanidade, educação. Precisamos entender que atrás da diferença de sexo, ainda residem duas pessoas sujeitas a erros e acertos, com qualidades e defeitos que, ao longo da vida, podem ser sanados sem estereótipos e julgamentos bobos e infantis, através de mentes vazias, doentias e machistas, sem fundamento algum, nem tendo razão de ser. Evolui Brasil!!! Nossas mulheres são o tesouro do nosso país!!!

Pra vc um grande bjuuu fica com Deus e até a proximaaa!!!

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

EM TEMPO DE GUERRA, NUNCA PARE DE LUTAR!!!




Breve estarei escrevendo para vcs. Estou de fériasss galera!!!!! 

Novo ano, vida nova, o escape, o descanso, a cura, a recompensa vem sem demora e o universo conspirar a seu favor, se o sentimento que há dentro de ti é de união, de alegria e de amor ao próximo!!! Ok!!! Bjussss!!!




sábado, 14 de novembro de 2015

SUICÍDIO: A MORTE É O FIM DA DOR?



Sempre fui muito sensitiva. Algumas pessoas já me disseram que conversando comigo, ouvindo minhas palavras e me olhando nos olhos, que já sentiram arrepios. Eu tenho visões que acontecem com o tempo, então entre várias, uma que tive me deixou meio pensativa. Alguém em cima de um palco montado não sei onde, queria me apresentar à algumas pessoas. Subi três degraus naquele palco, segurando em minhas mãos duas crianças, que aparentavam ser gêmeos. Como sabem, Deus não me abençoou com essa graça.... Mas uma mulher que estava à frente do palco me acolheu, muito sorridente e eu muito surpresa, ao olhar para frente, vi uma multidão enorme me aguardando falar de Jesus para eles. Achei interessante aquela mulher, seu tamanho e fisionomia. Na minha visão, era um pastora de alguma igreja que não identifiquei. Muitas vezes andando na rua, minha mente está vendo coisas de um outro mundo, como um filme numa tela. Nunca me dei conta daquilo que via, até o dia que comecei a me importar  e percebi que não era tão normal assim. Mas digo a vocês queridos leitores, acreditem ou não, estou pasma! Eu conheci a mulher da visão que tive e espantem-se também, o local, foi bem aqui na terra, na minha cidade, no velório da sua menina de 25 anos de idade, que infelizmente suicidou em  07 de Novembro de 2015.

Queridos leitores, o assunto de hoje é muito triste.  Fiquei pensando se postaria ou não essa mensagem, tamanha tristeza que tive ao ver aquela menina inerte naquele caixão. Mas quem sabe às vezes ajuda alguém né?
Queria falar com você da morte, da separação do mundo espiritual, do mundo terreno...
Mas não quero falar de uma morte qualquer, não da morte encomendada, da morte acidental, da morte puerperal, daquela por covardia, crueldade, não da morte por acerto de contas, nem da que é natural.
Queria falar de uma morte única, daquela que alguém opta quando ninguém mais é suficiente para arrebatar a dor que tem dentro do coração. Que acredita que ninguém mais se importa com sua vida... Daquela quando ninguém mais consegue ajudar a superar os problemas... Ou quando não se consegue receber a força dos que estão ao nosso lado, da energia que emana dos corações sinceros dos amigos... Da que surge o desejo, mesmo tendo todo o amor do mundo de uma boa família... Aquela morte que vem quando tudo sufoca, quando tudo incomoda, quando tudo fica insuportável... Daquele momento onde se olha para o lado e se pensa: Não vou fazer falta pra ninguém... Vou acabar com isso de uma vez... Dias atrás, falei sobre a depressão... Daqueles momentos que não se consegue viver com os pensamentos que se tem. Que não consegue controlá-los, desafiá-los, fazer com que evaporem... Então como num sopro perece a vida, como quem recebeu um empurrão ela se foi e não conseguiu voltar...

Tirar a própria vida, é mostrar que não conseguiu superar tudo que veio, que as tentativas foram os pedidos de socorro e os sinais deixados, foram simples iscas,  para que quando chegasse no fim do labirinto, dali ainda conseguisse voltar, ou que sobrasse quem sabe a esperança de alguém a nos encontrar.... 

Queridos, é preciso urgentemente ter olhos para ver os doentes de alma, os que possuem aflição doída e desesperadora no peito, olhos para ver os que se deixam corroer pelos vermes da vida, que seguram seus problemas e não os deixam passar: É meu problema, é minha vida, é minha morte!!!
Por favor, se você leitor puder falar algo de agradável pra alguém hoje, faça, pode ser que aquele seja o último dia daquela pessoa... Não deixe de amar... As pessoas se juntam pra estar nos bares, nas festas, nos clubes, mas muitas vezes, mesmo na multidão, estão longe dos outros, estão ausentes das vidas delas, mesmo juntos...
Meu Deus, eu vi nos olhos daqueles pais, tudo ficando tão vazio, tão desesperador, tão morte.... Tudo ficou já desde a madrugada sem sentido e sem esperança... Não há porque continuar.... Pra que continuar? A morte é o fim da dor? É o fim da angustia? Fim dos problemas que dilaceram nosso peito?
Porque continuar, se o meu problema ninguém entende, talvez ela se perguntasse... Se minha vida se desvai dia a pós dia e ninguém consegue me ajudar, nem me olhar nos olhos e arrancar a minha dor... Qual o sentido da vida? Do amor? Alguém aí sabe o que é amar? Você que lê sabe??? Já passou por um desespero a esse ponto de achar que tudo terminou e que o melhor remédio é morrer? Eu já!
Pra que tanto enfado? Tanto esforço, pra chegar e continuar na caminhada e no fim não encontrar nada?  Muitos jovens de hoje, têm tenho tudo o que querem queridos, mas a verdade é que não têm a vida que anseiam....
Talvez ela pensasse: Tudo andará às mil maravilhas comigo... Mas algo a intercalou no meio do caminho e a corroeu por dentro, que nem pai e nem mãe conseguiram retirar aquilo que se instalou ali... Mas porque se interromper, se uma boa parte de tentativas se fizeram concretas? Porque parar simplesmente por achar que não há mais jeito?
Procurar um canto pra chorar resolve? Não!!!! Não, porque nosso erro é encontrar respostas nas pessoas que não respondem nem por suas próprias vidas!!! Então a gente entra em conflito com nosso espírito e o submete a cada dia a opiniões de pessoas físicas e ele não aceita. O que é espírito, requer o que é espiritual. Senão um reprime e sufoca o outro... 
Transtornos mentais, os desvios constantes de pensamento, as alterações de humor, dificuldades financeiras, profissionais, dificuldades sexuais, a falta de se ajustar em algum ambiente, as separações, tudo é bem significativo neste momento... Uma vírgula é... Nada se deve ao final, mais como tudo iniciou...

Suicídio é um protesto gente!!! Protesto de não querer viver no mundo que a gente vive. Protesto em dizer: Ei, eu não consegui me ajustar por aqui, me perdoa... 
Sabe, várias conotações pelo mundo, mostram como lidam com o suicídio, umas são mesmo de se assustar, tamanha ignorância que as rodeiam. Praga de algumas culturas incutidas nas mentes das pessoas.
Nas religiões abraâmicas, seus adeptos consideram que a pratica do suicídio ofende a Deus, pois sua crença é a santidade da vida. Na religião hindu, a viúva se auto imola na pia funerária do marido, de uma forma voluntária ou porque há pressão das famílias ou das leis do país. Interessante que na era dos samurais um ritual chamado seppuku, expiava o fracasso, no qual enfiavam uma espada em si mesmos. Na época dos Kamikaze, os atentados suicidas eram usados para as táticas militares ou terroristas.  
As religiões por serem ou tentarem comandar o reino espiritual, cada uma à sua maneira tentam definir como é o lado de lá. Eu sinceramente penso depois de tantas idas e vindas que aqueles que pregam o suicídio a um estranho, com relação ao fim da sua alma, mudam a história quando a relatam a um querido amigo... Se é que você me entende...
Meu pensamento voou quando começaram a cantar uma música lindíssima... Então meu coração desabou e eu pensei, como superar isso??? Cantavam:


"Se o sol se pôr e a noite chegar, tu és, quem me guia.... Se a tempestade me alcançar tu és, meu abrigo... Se o mar me submergir a tua mão, me traz à tona pra respirar, e me faz andar sobre as águas..."

Enquanto cantavam eu lá no fundo da igreja, via aquela jovem lá na frente inerte naquele caixão. Cabelos bonitos, bem tratados, pele bem cuidada, piercing no nariz, linda jovem de 25 anos!!! Na flor da idade. Uma flor querida que murchou tão cedo, tão bela e agora sem vida... Porque? Qual a imensidão desse problema? Dessa angustia que ninguém a conseguiu livrar? 
Penso e  respondo que o maior problema, é aquele que está vivo em nossa memória! Aquele que a gente diz não conseguir resolver, aquele que cada dia tira nosso sossego, que empurra pra fora aos pontapés as nossas lágrimas... 
Que ressalta nossa pupila e nossa vontade de beber para esquecer, de  nos drogarmos para não conviver, de sumirmos para não mais nos encontrar...
Ninguém vai nos falar em como conviver lá fora, dos perigos que encontraremos, das situações que enfrentaremos... Ninguém nos fala em como nos livrar disso ou daquilo com precisão, porque o que fala comigo, no que me aconselha, não serve nem pra quem me aconselhou não é mesmo??? 
E o pior, não adianta trocar de casa, de cidade, de faculdade, de relacionamento, pois aquele problema vai nos acompanhar, nos perseguir onde quer que formos e no fim tudo será um círculo, será igual e chegará no mesmo lugar de antes, sabe porque??? Porque está dentro de nós!!! Nosso maior inimigo, reside aqui dentro... 
Quantos que em suas memórias levam milhões de desassossegos, de desesperos, de legiões? 
Não há fórmulas encantadas para esquecer, desculpe-me. Mas então quem arrancará aquilo que está dentro de mim? Os Psicólogos? Os remédios? Terapias? Igreja? Grupos especializados? Religiosidade? Oração.???
Então me diga, quantas vezes através disso, conseguiu esquecer? E mesmo assim sem conseguir, aconselhou os outros dizendo ser o melhor caminho? 
A tempestade interior é muito grande, o mar sobre nós é pesado. E não tem esse nem aquele, que não sofra pressões.
A gente se sente sufocado, dia após dia, como se estivesse se afogando. Tudo é ruim, o tempo, o vento, o convívio.... A gente espera mais um dia pra ver se melhora, dois dias, uma semana pra ver se passa... E então quando não se vê mudança, resolve-se praticar o esporte de flecha ao alvo: Fazer o próprio tempo, as próprias escolhas, os próprios momentos... 
Só se erra em uma coisa: Pensar! Refletir! Depois de tudo isso, onde vou estar??? Com quem estarei??? Se não gostar posso voltar??? Alguém vai me tirar de lá???
Pensem antes queridos leitores, pois há coisas que não voltam....
Amigos a gente refaz, igreja a gente deixa de frequentar ou vai pra outro lugar... Faculdade a gente troca, endereço a gente muda, amor a gente... (...) Sei lá.

Ao vê-la tão jovem, tão fria, mas tão linda,  lembrei de mim,  do dia que também achei  que era chegado meu fim, por tudo que havia vivido. Fui em direção ao morro do cruzeiro para me jogar de lá, com moto e tudo... Falo verdade. Talvez por ter sobrevivido, posso te ajudar também a nunca querer fazer isso...
Lembrei que nesse dia, no meio do caminho encontrei com uma amiga, que não via a muitos anos e senti vontade de parar com  ela para conversar. Ali me distraí acredita? Ela desviou meus pensamentos, salvou a minha vida. 
Eu sei o que é estar na pele de quem quer suicidar. Ninguém comporta nossa dor, não há nada que te faça mudar de ideia, sinto muito em dizer isso. Mas posso te dizer algo pra te ajudar: Conviva com pessoas ou com alguém que goste de oração e que tenha contato com Deus, porque aí sim é certo! Não significa que quem vive dentro de igreja é esse tipo de pessoa, se é que me entende...
Alguém orando por você, no seu desespero, Deus pode enviar anjos pra te ajudar, mas só isso não é suficiente, se nas mãos do Anjo do Senhor você não quiser segurar quando ele chegar...
Depois disso a gente volta pra casa. Muitas vezes nosso problema se reside ali, em situações que vieram crescendo com o tempo e enquanto ninguém ligava, só a gente se importava... E como não importar? Como deixar pra lá? Você sabe me dizer? Eu sei: A palavra é ignorar!!! Ignore muita coisa!!! Mas viva!!!
Ninguém nos ensina a viver, nem pai, nem mãe!!! Desculpe-me, mas nem sempre os beijos curam, nem sempre os abraços confortam, nem sempre as palavras ajudam...
É difícil viver, é difícil prevalecer, é difícil sempre enxergar lá na frente, estar apto a competir e ser o vencedor. Nada é fácil, então precisamos romper, romper o casulo que nos segura, mas tudo tem o momento certo e se neste momento você precisar ficar mais um pouco dentro dele, fique! Não tenha pressa, mas avise aos outros que esse é seu momento para que não corra o risco de ser esquecido e morrer na mente de alguém que diz que te ama e te quer bem!!! Ok?

A mãe da garota que suicidou não é só Pastora, é Bispa, de uma igreja centenária, muito respeitada. Que visão foi essa? Não sei. Um dia saberei com certeza!!!


Pra você um grande beijo, fica com Deus e até a próxima!!!

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

DEPRESSÃO: SERPENTE SINUOSA!



Hoje quero falar sobre a DEPRESSÃO. 
Todos os dias penso em falar de alguma coisa, mas já não tenho tanto tempo mais para estar aqui com vocês... 
Se pudesse, queria ganhar a vida escrevendo, mas digo coisas que alguém talvez não goste de ouvir. 
Não importo com a opinião de ninguém e é isso que faz das pessoas vencedoras viu? Se importar com opiniões alheias é o óoooo. Parar para pensar no que os outros acham disso ou daquilo,  é retrocesso e esse caminho, fala sério, eu não percorro.
Tenho amigos e amigas depressivos, apesar de não dizer explicitamente que sei, resolvi escrever para eles e elas segundo tudo que já observei.

A depressão é uma serpente brilhante com cabeça triangular, venenosa filha do capeta. Bem sinuosa ela vem, esguia, bonita, sibilando, caçando sua presa, desgraçada, buscando a quem tragar e injetar o seu veneno asqueroso e mortal. 
Seu intuito é atrapalhar os dias, mudar a cor do tempo, não enxergar a beleza de um vento, alterar o humor, trazer o descaso, a antipatia com os outros, promover caminhos para  a doença, a prostração, a inutilidade...
Qual cauda que arrasta, deixa as pessoas também assim: Sem expressão, sem cor, sem gesto, sem voz, sem gosto, sem amor... Ficam prostradas, sem sono, sem banho, sem querer se relacionar, fecham a porta do quarto e ainda mandam alguém se ferrar...
Ela faz pensar na morte todos os dias como se fosse a melhor solução para tudo, para uma alma doente, cansada e infeliz que já não consegue mais lutar. 
Tenta incutir no pensamento que a roupa nova é que vai mudar o astral, que um móvel novo é que trará a luz que precisa ao ambiente, que num novo amor, vai torná-lo(a) radiante, que uma nova viagem vai criar novas expectativas, novos sonhos...
Ela engana. Nasceu para isso. Ela definha as pessoas, as consome por dentro. Quem consolará uma alma? 
Existe remédio físico-espiritual? O que você acha?
A depressão torna os olhos cinzentos e faz doer os ossos. Ela abraça a cama como amiga e faz perder o dia de trabalho, ela faz não cuidar dos filhos. A depressão mata e mata mesmo, não se engane quanto a isso. 
Primeiro ela faz beber todos os dias, misturar energéticos, estimulantes, cachaça, cerveja, vodca, para esquecer as dificuldades, depois quando a bebida já não faz mais efeito ela busca as drogas e os vícios se instalam fazendo morada e assim eles dizem: Você não vive sem mim, contente-se com isso...
A força da depressão aumenta quando alguém diz: Não posso, não consigo, não aguento mais, não dou conta disso, não saio do lugar que estou, nada dá certo pra mim, tudo é enrolado, tudo dá problemas, parece que a confusão anda comigo... O depressivo constantemente procura alguém pra desabafar. Nunca pára em lugar algum. Está sempre descontente. Tudo irrita, tudo dá dor de cabeça...
Olha, é perigoso se encharcar tanto e não desaguar em algum lugar, não ter alguém pra conversar...
A fraqueza é seu alimento, ficar sem comer é seu prato predileto. Ficar sem beber, mata sua sede... O banho já não é algo diário, o cheiro já não mais importa. 
A casca fica grossa, sem a pessoa perceber... A depressão dá sua picada diária e a cada dia deixa os seus sinais... É facilitador das doenças neurodegenerativas, facilita o mal de Alzheimer, porque já não dá muita importância pra nada...
O choro diário constante, os lamentos, a insatisfação tudo se impregnara no ambiente. Socorro, alguém diz sem gritar... Me ajude! Não sei onde vou parar...
A casa do depressivo não tem luz. E a serpente sinuosa vem. Ela se encuba e toma a forma que quiser. É jovem, homem ou mulher e agora crianças ela também quer...
Instala-se com problemas mal resolvidos, com agressões, com maldades dos outros, com abusos, com a falta de força, de fé na vida, com a falta de ânimo para continuar, com o abandono dos pais, com a falta de dinheiro pra se sustentar, com os ataques de pânicos, com ansiedade, com as coisas que ninguém te diz em como viver lá fora, com a falta de oportunidade pra se afirmar na vida... 
Através de pessoas usadas para dizer palavras malditas: Você nunca vai conseguir, você não vale nada, ninguém te quer!!!
Ninguém se livra da depressão, buscando desculpas, causas externas ou a quem culpar... A cura só vem quando temos coragem de olhar pra dentro de nós, lá no fundo onde só Deus vê, onde a gente sabe quem a gente é...
Busque ajuda, insista um pouco mais hoje... Talvez a cor do sol mudará, o ânimo virá, mas nada é garantido, precisa pôr a cara na janela e olhar a rua, precisa sair de casa e ver a natureza, o cântico dos pássaros, as crianças dando gargalhadas , precisa ir trabalhar, estudar... 
Não se preocupe com o que virá, ou o que será, pense em viver. Um dia de cada vez, já basta o seu próprio mal...
E se ainda não souber o que fazer, lembre-se do que tem pra fazer hoje e siga adiante, cumpra seus horários, suas metas, daqui a pouco, está realizando seus sonhos...
Diga pra persistência e pra perseverança: São minhas irmãs, não vou desfalecer.... Às vezes no percurso um anjo guerreiro aparece e sua sorte muda, mas no caminho você precisa estar, pois as novidades não chegam na vida daquele que se “prostra” e não sai do lugar.
A vida passa e você vai ficar pra trás. Até hoje, nunca vi ninguém recuperar o tempo que perdeu, você já? Depressão mata! OK? Fica esperto e em off dessa idéia!

Pra vc um grande bju, fica com Deus e até a próxima!

sábado, 26 de setembro de 2015

CRIATIVO E EMPREENDEDOR SIM SENHOR!!!


Pessoal, este é o resumo da palestra realizada em 23 de Setembro na Faculdade Doctum de Leopoldina: Tema - CRIATIVO E EMPREENDEDOR, SIM SENHOR! – Palestrante: Rafaela Cappai – Representante  do SEBRAE. Diga-se de passagem, me incentivou por demais!!!
             Antes de adentrar no assunto da palestra ministrada por Rafaela Cappai, procurei entender um pouco do que é o SEBRAE.
O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), é uma entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos de micro e pequeno empreendedores. Apesar da potência que se demonstra, não tenho muito conhecimento a respeito, mas já participei de algumas palestras sobre vendas no mercado.
Esses programas de capacitação, de acesso a créditos, à inovação, estímulos ao associativismo, feiras e rodadas de negócios, são soluções desenvolvidas pelo SEBRAE, que projetam atender ao empreendedor, que pretende abrir seu primeiro negócio e também até pequenas empresas que estão consolidadas no mercado a buscar um novo posicionamento a respeito de novidades e mudanças significativas para sua expansão. Então com isso, repasso em meu entendimento, a palestra ministrada por Rafaela, de como ser criativo e empreendedor, sim senhor!
            Rafaela Cappai iniciou sua palestra nos dizendo que sair do próprio quadrado- próprio mundo- é ser diferente, e ser diferente é acima de tudo primordial – É estar acima das expectativas e viver por elas. Que é através disso, que grandes empresas, tem apostado na juventude, como uma alternativa diferenciada ao mercado de trabalho por causa do “mundo das idéias criativas”.
            Numa visão “futurista”, contemporânea, é preciso entender que o pequeno negócio não é só do seu dono que o criou, mas do cliente que compra lá, do funcionário que trabalha contribuindo para seu crescimento, do vizinho que participou da história daquele bairro, daqueles que passam na rua todos os dias em frente àquele estabelecimento, dos que promovem o emprego, dos que fortalecem os empresários em realizar seus sonhos... O movimento de agora é: “Compre no pequeno negócio” – Esse negócio também é seu! Esta é a nova propaganda a ser inserida na mídia, no mês de outubro pelo SEBRAE.
O intuito de transformar quem a gente é, os nossos talentos, nossas idéias, nossa criatividade, misturando tudo isso, acrescentando um valor real e oferecendo ao mundo,  trocando por dinheiro nossas idéias, é uma forma de fazer a roda girar.
Empreendedorismo é uma lei de iniciativa à cultura. A equação: DINHEIRO X SIGNIFICADO, se resume, em que posição você está, daquela a qual você quer chegar? Ter muito dinheiro e pouco significado, ter muito significado e pouco dinheiro, ou ter muito significado e muito dinheiro? Questionamentos interessantes trazidos por Rafaela, que na verdade, não  povoam nossos pensamentos no dia a dia, com a correria da nossa vida, mas que foi ótimo poder ouvir e aprender.
Às vezes o que fazemos no causa prazer, mas a gente não ganha dinheiro com isso... Ou, a gente ganha dinheiro, mas falta a paixão e o entusiasmo, que nos colocam em uma encruzilhada, de pensar em o por que continuar fazendo algo sem estímulo algum, mecanicamente, somente para ganhar dinheiro para pagar as contas...Ou fazer o que gosta sem benefício algum? É possível juntar as duas coisas?  
Construímos-nos e descontruímo-nos. Assim tem que ser. Sem isso não teremos significado, nem propósito, nem dinheiro. Não conseguiremos chegar onde desejamos, na consagração de um estilo de vida tão sonhado.
Profissão dos sonhos não existe, ela ressalta. Sonho não é objeto em prateleira para se pegar, sonho é inventar, é mais do que achar. Isso é empreendedorismo criativo, que nasce conosco, mas que com o passar do tempo vamos esquecendo que isso reside dentro de nós. Ter habilidade especial, é saber manter a habilidade que se tem por dentro, é enxergar além. É crescer e evoluir ao ponto de enxergar algo que ninguém está enxergando, ver algo que ninguém está vendo.
Ser empreendedor, é ter estilo de vida, é ser aquele ratinho na roda, buscando constantemente a excelência, o padrão, os objetivos e metas da nossa razão de sonhar. É nunca desistir.
Como ter idéias criativas? Como tirar algo da própria cabeça, do raciocínio e vender ao outro? Como transformar idéias pessoais aparentemente que não tenham valor algum, mas conseguir convencer o outro a comprar? Este é o novo capitalismo, é a norma forma de se relacionar no mundo dos negócios, é exalar e incentivar as novas idéias, é um novo jeito de operar.
Há 20 anos, se precisássemos de um software de gerenciamento financeiro, tínhamos que contratar uma empresa de TI, para nos fazer um programa, hoje, as informações correm com a velocidade da luz. Eu mesmo tenho capacidade de planejar  e fazer um programa, e o mais importante ir testando e aperfeiçoando à medida que as coisas estão ar, naquele reino intangível que passo a trazer para o visível e palpável quando tiro do meu sub-consciente e dou formas a ele. Se tenho uma idéia de um programa, só o conhecerei programando... Se  tenho idéia de uma costura, só costurando..., De um filme só filmando... De um romance, só escrevendo... Então o mundo das idéias brilha em mim
Dinheiro é uma invenção para realizar trocas de valor, é uma convenção criada por nós. Para ter dinheiro é preciso ter idéias, tangibilizá-las, mostrar que elas podem e devem ter, valor substancial para alguém.
O valor das coisas, se gera, tendo idéias e não somente as tendo mas transformando-as, adequando-as, ajustando-as, criando constantemente e empreendendo, apesar das últimas palavras aparentarem andar em direção contrária, estão no mesmo sentido no que confere as realizações.
As indústrias criativas, nas profissões de marketing, fotografia, artes plásticas, arquitetura, web design... Etc; formam uma equação na qual surge um mundo futurista contemporâneo: Ser empreendedor criativo, ou ser um criativo empreendedor? Dá para ser as duas coisas ao mesmo tempo?
Criar a partir do nada, começar do zero, amar o que faz manter viva a paixão, continuar o amor, não ser conformista, desafiar o status quo... Palavras soltas  que fazem sentido unidas na hora de empreender... O segredo não está em ser a boiada, mas quem sabe ser aquele gadinho que se concentra na lateral... Não é número, é substância. É lidar com a experimentação e fazer parte dessa equação.
Não perde o caráter quem é perseverante... Às vezes cair faz parte do porque se levantar, isso é que amadurece a coragem da gente. Não ter medo de errar, é oportunidade para fazer diferente, buscar o reconhecimento, se valorizar, ir além, sabendo que as pessoas pagariam para adquirir as suas idéias. 
Não existe coragem e empreendedorismo na mesma frase. Coragem não é ausência do medo de avançar, é pressuposto para que o medo vá contigo em suas insistências e assim suma de uma vez só. Se quiser fazer diferença na vida, o medo tentará impedir, mas na sua perseverança, pode até mudar a vida de alguém. Os seus projetos são multi-potenciais, não cabem em visões restritas, avançam em novos rumos, enxergam novos mundos.
Ter criatividade é ter repertório sabia? Quanto mais se sabe, mais criativo se é, isso te faz ter vários braços, vários olhos, ser generalista ela diz...
Empreendedores criativos são julgados pelas escolhas, pela transformação da atividade em arte, gerando valor para o outro, mesmo na dificuldade. É aquele que tem a chave e que sabe virar “a chave” que tem, para os demais. Tem racionalidade, curiosidade, não esquece o cérebro para trás, não perde o mundo real.
Às vezes no processo de empreender, de planejar, ficamos tão afoitos com o resultado que nos esquecemos daquilo que foi primordial, da idéia principal, do estímulo, da paixão que nos fez chegar até ali. Pra isso, tem que trabalhar dobrado. Assim e só assim conseguirá dominar o estilo de vida que se quer ter, poder pensar em como se quer viver e depois o que se quer ser, diferentemente de alguns anos atrás, os quais, primeiro se achava um emprego e depois se ajustava à realidade daquele local.
Estamos saturados daquilo que, “o outro quer  pra mim”. Posso sim ter minhas escolhas, posso definir o que quero fazer, equilibrar razão e emoção, conseqüência e risco... Vou trabalhar com alguém, ou colaborar com alguém?
Perguntas interessantes que me fizeram refletir, apesar de algumas pessoas não pararem de conversar atrás de mim.
Ao me tornar criativo e fazer disso um valor, com certeza serei mais completo. Cada novo desafio que surgir, será visto como uma oportunidade para pensar diferente. Gerará autoconhecimento e ainda me proporcionará ter uma vida mais sadia e ainda “ser-humano”, valorizando também  o DNA cultural e criativo em cada um.
Para quem é empreendedor, sabe fugir da precariedade, sabe que o cliente não pode mandar, nem ditar regras naquilo que é seu, é buscar sustentabilidade, é respeitar o ponto doce entre, o que amo fazer, aquilo que tenho o dom para fazer, descobrir o que o mundo precisa e o mais importante para refletir: Eu sou o que tenho as ferramentas para isso!
Trabalhar idéias e talentos e transformá-las em idéias de negócios! Eis a questão. Olhar para dentro e buscar fora, equilibrar o cérebro e o coração, pensar estrategicamente, planejar, testar.
É preciso ser o design e não só a função, é preciso ter história e não só argumento, é preciso ter sintonia e não só foco, é preciso ter empatia e não só lógica, é preciso fazer mais brincadeiras e não só ser seriedade, é preciso ter significado e não só acumulação. Nossa balança de equilíbrio, é o caminho do meio, é alinhar a vida continuamente...
É poder construir comunicação autentica direta e empática. Quanto mais próximos, mais vias de relacionamento teremos. Criar é a base, o estilo. Ser líder é ser criativo, mais aberto, é interagir em vários caminhos, ao invés de ser via de mão única, é ser mais real, ao invés de estar sempre certo, é saber improvisar mais do que simplesmente seguir um manual.É aprender com os erros, mais do que fugir deles. É saber conversar mais do que só manter a harmonia, é esperar estar certo, mais do que querer estar sempre certo. É se abrir para as críticas ao invés de fugir delas ou fingir que não as tem. É correr os riscos, ao invés de sempre querer manter a ordem. É ser sistema aberto mais do que ser constantemente para mudanças, um sistema fechado que não se atualiza.
É ter bem mais do que isso: É ter valor pra si, para então com isso, poder e saber valorizar o outro.  Parabéns Rafaela!!! Show de Apresentação!!!

Pra vc um grande bju, fica com Deus e até a próxima!!!